sexta-feira, 16 de abril de 2010

A verdade sobre Totoro

Li em algum lugar uma vez uma série de argumentos que contam "uma suposta verdade" sobre Meu Vizinho Totoro, animação japonesa dos anos 80 produzida pelos Estudios Ghibli e dirigida por Hayao Miyazaki. Li antes de ver o filme, mesmo sendo uma série de spoilers, pois não resisti. Minha curiosidade foi maior. Tempos depois de assistir, reli os argumentos e... ELES FAZEM SENTIDO! o_________o

Vou colocar aqui os mais importantes e os que lembro.
ATENÇÃO: As linhas abaixos estão repletas de spoilers e ler demais sem ter assistido pode causar desilusão crônica aguda ao quadrado. Tome cuidado!

1) O mais importante, que deu origem a todos os outros boatos
Satsuki e Mei estavam mortas. E durante o filme todo, o pai conversando e brincando com elas, etc., é apenas uma lembrança dele brincando com suas queridas filhas.

2) Satsuki e Mei foram baseadas em assassinato real
Há muito tempo atrás, uma (ou duas, não lembro) garotas foram assassinadas na cidade em que se passa a história, no mês de maio. Observe o nome das personagens: Satsuki (maio, em japonês) e Mei ("may" = maio, em inglês). E elas estavam mortas.

3) Os espíritos dos mortos
Satsuki e Mei são as únicas que veem Totoro porque ele é um espírito que as pessoas veem antes da morte. Ou seja, o viu, já sabe que vai morrer. E o gato-ônibus (ônibus-gato) é um transporte de pessoas mortas.

4) A morte de uma delas
As sandálias achadas no lago eram de Mei.

5) Repare bem que...
... segundo boatos, no final do filme, Mei está sem sombra.

E A VERDADE FINAL: A CENA CHOCANTE
A cena em que as garotas estão dançando com Totoro em volta de uma semente e ela se transforma numa árvore. Repare que o pai está sozinho fazendo seus afazeres (escrevendo) e, ao olhar para fora, não vê nada. Ou seja, aquela, sim, é a cena está se passando no presente, com elas já mortas. E mostra claramente que as outras cenas apresrentadas no filme são apenas lembranças. Essa é a real cena sobre o que está acontecendo. Outra hipótese é de que o que ele estava escrevendo na cena era sobre suas filhas, por isso as supostas lembranças E elas dançando com Totoro no jardim é apenas mostrando ao pai que estão perto dele sempre. Por isso a árvore crescendo. Ah, há também a última cena, com as meninas em cima da árvore, que também se passa no presente. O pai e a mãe sentem a presença delas. E assim termina o filme. =)

Surpreendente, não? Verdade ou boato, é um filme lindo do mesmo jeito.
Isso é...
Interessante!!!!!!!!
e faz sentido.

26 comentários:

Anônimo disse...

quanta escrotice, o filme foi escrito em fatos reais sim, mas foi em cima da história da mãe do Miyazaki que ficou muito doente ficando de cama por anos. Antes de postar essas merdas se informe antes seu vagabundo!

Victor Tanaka disse...

Hum... Essa foi a primeira vez que fui ofendido no meu blog, haha. Eu sabia que mais cedo ou mais tarde aconteceria. Mas, bem, vamos lá.

Em momento algum eu disse que isso tudo era verdade. Em momento algum eu ofendi o filme ou disse que tais SUPOSIÇÕES diminuem sua qualidade. Em momento algum eu disse que fui quem inventei ou que eu acreditava. :)

Antes de reclamar de alguma coisa, leia. :)

Anônimo disse...

Seu vagabundo! [2]
[É Luca, viu?]

Luis Otavio M. Guimarães disse...

:O
Nossa, isso aqui tá parecendo o programo do ratinho em dia de exame de dna.

bate nele vicky, bate.

alex disse...

credo. que visão pessimista! e se vc se deu o trabalho de publicar essa opinião, de alguma forma vc concorda com ela. agora güenta.falou o q quer, agora escute. o filme é lindo. nada a ver com essa baboseira que vc escreveu.

Victor Tanaka disse...

bom, na verdade, isso era pra ser uma curiosidade, e não disse necessariamente que concordo com ela. (:

Ah, mas mesmo se esse tivesse sido o objetivo de Miyazaki, essa teoria não diminuiria as qualidades do filme, e sim o tornaria ainda mais genial. :)

Valter Konishi disse...

Ah....soh pra acrescentar...
Eh melhor VOCE se informar antes de ficar postando coisas assim....
E q "traduçao" foi essa dos nomes da Mei e da Satsuki???
maio em japones eh gogatsu!!!!

Victor Tanaka disse...

Antigamente os japoneses chamavam maio de satsuki.


"36. Satsuki: quinto mês no calendário lunar japonês"

Fonte: http://otaku-daisuki.forumeiros.net/japones-f20/significados-de-nomes-japoneses-t72.htm?highlight=japoneses

"Maio – gogatsu – satsuki:
É uma forma abreviada de “sane-zuki” que siginfica, mês em que se planta as primeiras mudas de arroz..."

Fonte: http://teruakitakahara.com/historia_japao.php

MaTT (Contatos: matheus_peres2007@hotmail.com) disse...

Eita, quantas pessoas ignorantes. Também amei o filme, e achei os boatos interessantes. Mesmo assim não acredito neles, mas não é motivo para xingar o cara que postou isso. Cresçam -.-

Lice disse...

Verdade ou não, é pelo menos INTERESSANTE!RS
Eu tbm li uma matéria em um site japonês que conta com mais detalhes essa versão. http://mp.i-revo.jp/user.php/ewalrqsy/entry/329.html
Nesse site vê se que coincidências ou não, houve de fato um caso na cidade vizinha de onde foi baseado o filme em que em um caso policial, qual uma das irmãs encontrada falando q viu um tanuki gigante etc. E coincidem as cidades e hospital que foram usados no filme.
Como disse o Victor, isso não interfere na qualidade do filme. Eu particularmente acho q até dá mais uma pitada diferenciada de emoção. Tudo com um ponto de vista diferente.

Anônimo disse...

Oii Eu sou a Fabienne,vi o q vc escreveu....bein eu acho q táh tudo bein em meu respeito eoh acho q faz sentido em algumas partes do filme e outra não...ok? mais mesmo assim agradeço pro ter postado!

Leandro Moraes disse...

É apenas uma teoria, porém sem base sólida. O chinelo que foi utilizado é apenas um artifício para criar suspense não apenas em nós, mas na personagem Satsuki.

Filmes não podem deixar algo mutio "no ar", pois seria um roteiro falho.

Tem filmes que terminam sem conclusão do objetivo, mas você sabe o que está acontecendo na trajetória do filme. Se isso não acontecer o roteiro é péssimo. O que não é verdade sobre o filme, pois vários críticos de cinema já comprovaram que o filme é ótimo!

São apenas casos isolados que dão margem à suposições, mas casos muito isolados.

O fato de apenas as duas verem o gato e o totoro é porque o prórpio filme já preparou o terrano ao explicar que apenas crianças os vêem e nem todas as vezes.

Repare que o pulo do gato no lago deixa leves movimentos na água e faz vento nos humanos. Seria aí uma explicação (do filme) para o ento repentino que sentimos ou os mivmentos na água de um lago (quem já observou um lago por muito tempo pode comprovar).

E a mãe e o pai não demonstram nenhum encantamento fora do normal ao verem as escritas na espiga.

Sem contar que o roteiro ficaria menos bonito se o segredo do totoro fosse compartilhado com os pais naquela cena. A decisão (sábia e romântica) do roteirista foi deixar as filhas observarem e não interferirem em uma cena pessoal entre o pai e a mãe.

Pois é a única cena dos dois juntos. É como se obervássemos nossos pais ao longe, sozinhos e unidos. Não é necessário estar morto pra ter uma cena assim.

Leandro Moraes disse...

E se o roteiro diz que totoro é o rei da floresta, então ele não pode ser um espírito que você vê antes de morrer... Se satsuke o vê... Então como ela morreu?

Totoro pode até ser um espírito que as pessoas vêem antes de morrer, mas o importante é o que o roteiro fala sobre ele. O roteiro diz apenas que é o rei da floresta.

Se você escrever um filme e colocar totoro como um guardião dos cozinheiros e fazer uma espécie de rattatouile, as pessoas podem dizer que você está errado, pois um totoro não é isso.

Porém, ele vai deixar de ser o que ele é, para ser o que o roteirista quer que ele seja. Por isso muitas pessoas reclamam de adaptações, pois os roteiristas mudam e muito do que valia para o personagem, já não vale mais para a história.

Exemplo: As tartarugas ninja violentas dos quadrinhos e as tartarugas ninja engraçados dos desenhos.

Leandro moraes disse...

Putz, fui dar uma conferida na lista dos 100 melhores filmes em língua não inglesa da revista empire e achei o "meu vizinho totoro" em 41°.

E aqui vão as palavras do criador do filme:

What to say...
"Miyazaki created such feeling for youth because the movie is part-autobiographical, based on a time that he and his brother had to stay with his father while his mother suffered from TB."

Ou seja, o filme é auto-biográfico, baseado no tempo em que ele e o irmão tiveram que ficar com o pai enquanto a mãe estava sendo tratada de tuberculose.

Bom, agora estão confirmados os boatos.

Leandro Moraes disse...

link:

http://www.empireonline.com/features/100-greatest-world-cinema-films/default.asp?film=41

Rosangela Ribeiro disse...

Esse filme do totoro é muito bom, assisti ele a primeira vez em 1991 e me apaixonei, quando meus filhos tiveram idade, passei o filminho pra eles e eles tambem se apaixonaram, minha filha mais velha hoje tem 21 anos e ainda é apaixonada pelo desenho, tanto que pintou os personagens na parede da frente da casa. Todos perguntam quem é,muito poucas pessoas conhecem. Abraços

Bruno Silveira disse...

Alguém aqui já ouviu falar sobre o Sir Hayao Miyazaki? Todas suas obras são inspiradas na natureza e em sua defesa, num mundo imaginário e criativo. Querer transformar a obra em algo real matando os protagonistas, é a coisa mais burra que já vi!kkkk

Seria a mesma coisa que falar: No Dragon Ball Z o mestre Kami morreu, por isso as pessoas começaram a voar e soltar energias pelas mãos, já que em Dragon Ball não tinha!

Pessoas... todos os filmes do nosso Hayao são ambientados em um amor ecológico fantasiado em personificações do mundo-natureza. São sempre crianças os protagonistas pq elas tem esse coração puro para acreditar nesse mundo, além de envolver as crianças que assistem aos filmes.

Por favor né?

GYSh disse...

nossa, zoado. era melhor nem ter postado isso, não faz sentido algum

Anônimo disse...

NÃO ESTRAGUE A MAGIA DESTA OBRA PRIMA DA ANIMAÇÃO Ô CARA!!!!

Lyna disse...

Gostaria de saber se eles tem versao manga desse filme... pq ja linversao manga do Naushika... q eh diferente o final... bem pra adulto... o gatinho, ou melhor, o bixinho dela morre e tals... nada d final feluz... rs enton imagino q esse totoro tbm possa ser diferente...

Bruno Marcomini disse...

Interessante a sua curiosidade do filme.
Na verdade, eu estou no japão, e houve um trabalho, no qual as pessoas falaram dos Youkais, ou de algumas histórias infantis que possuissem coisas "não humanas".
Num desses trabalhos, o meu amigo, explicou a curiosidade do totoro, igual a você relata nessa curiosidade.

E eu li os comentários acima e percebi quanto ignorante é os haters da internet, no qual não pode ver uma publicação que contraria seu ponto de vista, que começa a xingar.
Bom, exelente trabalho o seu de colocar essa curiosidade aqui, obrigado, ajudou a eu mostrar para uma amiga.

Outra coisa, Satsuki se usa em Koten, que se traduzirmos porcamente para o portugues, viraria "japones antigo", no qual, se você for pegar uma história de yokai, pode ter certeza que aparecerá isso.

Obrigado novamente, até logo.

Anônimo disse...

Isso ae cara, tbm achei o ponto d vista interessante, n precisa de xingamentos, se n concorda apenes fique quieto, eu particularmente n acredito ms achei o ponto d vista interessante (^_^)=

Anônimo disse...

Uma obra de arte acaba deixando muito de seu significado para a interpretaçăo de seu apreciador. E por isto não acho que exista uma verdade absoluta com relação a este excelente desenho.

Deixarmos que outros exponham estas interpretações é importante para abrirmos nossas próprias cabeças.

Infelizmente cabeças duras serão cabeças duras, haters gonna hate. O melhor é ignorá-los.

Anônimo disse...

As opiniões sobre tudo podem variar, acho justo respeitar a opinião alheia, se informações que não são consideradas interessantes para uns podem ser para outras, ou até mesmo como curiosidade.
Amo Tonari no Totoro e saber que podem ter informações diferentes da graça que ele é, em nada muda o quanto gosto.
Não critiquem aqueles que tentam da forma deles agregar, e se não te agrega... simplesmente deleta e não veja mais.

Anônimo disse...

Victor tbm acredito que elas poderiam esta mortas! Varias cenas mostram isso .
Exemplo a cena que arvore enorme crescer perto da casa e o pai não ver uma arvore daquelas na frente da sua casa!
Exemplo 2 quando elas vizitam sua mãe no hospital, elas ficam escondidas. Pq elas não participaria daqueles momentos de pai e mãe ? Entende ! Talvez possa ser verdade essas teorias. ^^

Anônimo disse...

como você explica as pessoas da cidade falando com as garotas??? '-'