segunda-feira, 24 de maio de 2010

Donnie Darko e o coelho gigante



O título dessa postagem, junto com esta foto, poderia até dar a impressão de que esse é o primeiro filme de uma nova saga adolescente, como Harry Potter e a Pedra Filosofal, Percy Jackson e o Ladrão de Raios ou Bella Swann e o Vampiro de Purpurina (lê-se: Crepúsculo).
Mas não. Donnie Darko (apenas isso - não há "e o coelho gigante", haha) não é uma saga adolescente. É um filme cult, inteligentíssimo e anormal.

Pelo título, dá a impressão de ser algum filme sobre vampiros (que não brilham á luz do sol, faça-me-o-favor-teresinha). O visual e algumas imagens - como a foto acima -, que é uma saga adolescente ou algum filme de suspense sobre o fim do mundo. Mas quando sabemos que há um coelho gigante, o que parece?
E esse coelho gigante me dá calafrios.

Na verdade, coelhos gigantes em geral me dão calafrios.

Vide a versão de 1903 de Alice no País das Maravilhas. Ou vai dizer que não é estranho, estar lá a garota deitada e, de repente, passa um coelho gigante dançando rumba na frente dela?
É que, como eles não tinham como gravar com um coelho de verdade ou usar uma tecnologia igual ao filme de Tim Burton para fazer um coelho, era um homem fantasiado. Mas mesmo assim é muito estranho.


Pois é. Em Donnie Darko também há um coelho, mas ele é muito feio, mais parece um extra-terrestre. O filme não é sobre um extra-terrestre que quer se comunicar com sua casa nem uma comédia, muito menos uma tentativa de improvisação como o filme citado acima. É um drama onde se deve prestar muita atenção, caso contrário não se entende nada (nem eu mesmo sei se entendi). Pois é. E o coelho gigante, por mais bizarro que seja, deixa a história ainda mais tensa.


OBS: O coelho se chama Frank.

Um comentário:

adaho_dias disse...

a verdade é que donnie darko fala da historia de um garoto com esquisofrenia...e esse coelho..era uma imaginação da cabeça dele...